Russas terá que devolver mais de R$ 800 mil à União


27/05/2015 - Destaque - Igor Raneelle

A Prefeitura de Russas recebeu na manhã desta quarta-feira (27), a determinação do Ministério da Ciência e Tecnologia sobre a prestação de convênio nº 01.0049/2005 ainda sobre a construção do Centro Vocacional Tecnológico de Russas.

O município, em 2005, deixou de cumprir com a contrapartida pactuada, desse modo, o Ministério da Ciência e Tecnologia está exigindo agora que o Município devolva o valor de R$ 846.246,32, além de colocar o nome de Russas na lista de inadimplentes no Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados no Setor Público Federal – CADIN.

Vale lembrar que essa dívida estava prevista pela vistoria interna realizada pela assessoria contábil da Prefeitura de Russas que finalizou o Balanço Patrimonial referente ao exercício financeiro de 2012, onde a Dívida Fundada Interna do Município de Russas estava na quantia de R$ 7.403.398,13. O que mais chama atenção da contabilidade nesta dívida, é que, em 2011 a quantia era R$ 3.410.623,24 e saltou para R$ 7.403.398,13 no ano seguinte (2012), um aumento expressivo de 117,07%, ocasionada diretamente pela emissão da Dívida Fundada junto ao Fundo Municipal da Seguridade Social e INSS.

Segundo o relatório de vistoria interna, a gestão anterior, de forma geral, deixou uma dívida de R$ 11.080.495,87 na Prefeitura de Russas e inviabilizou o município, criando dificuldades à nova administração em razão do endividamento, tais como a impossibilidade de firmar convênio junto ao governo federal devido o bloqueio do Certificado de Regularidade Previdenciária.

A Prefeitura de Russas busca alternativas para solucionar tais problemas. E, tão logo solucionados, informaremos à população.



Deixe seu comentário

ACESSO RÁPIDO