Russas tem 28 escolas no nível desejável do SPAECE


15/05/2014 - Secretaria de Educação - David Oliveira

A cidade de Russas, através da Secretaria de Educação, mais uma vez ficou entre as cidades que tiveram escolas premiadas no Prêmio Escola Nota 10, destinado às 150 unidades públicas que obtiveram os melhores resultados de alfabetização, tendo por base o Índice de Desempenho Escolar – Alfabetização (IDE-Alfa) e 150 unidades públicas de 5º ano, a partir do Índice de Desempenho Escolar – (IDE 5). A premiação é referente ao ano de 2013.

A Escola Padre Pedro de Alcântara, da localidade do Retiro, foi a que melhor se classificou nas avaliações do SPAECE do 2º ano em 2013 e por esse motivo irá receber o Prêmio Escola Nota 10. Além disso, a cidade de Russas pode comemorar o crescimento no número de escolas que se destacaram na aplicação da prova. Para se ter ideia, em 2012, 25 escolas estavam na Categoria Desejável no números de escolas por padrão de desempenho. Já em 2013, 28 escolas de 31, atingiram tal categoria, tendo 91% de alunos aprovados em todo o município. De acordo com Morlânia Chaves, secretária de educação, os números demonstram o empenho da SEMED em melhorar a educação russana. “Em 2014, vamos trabalhar para ter 100% de aprovação no SPAECE”, ressaltou Morlânia.

A Premiação acontecerá no dia 20 de maio e contará com a presença do Governo do Estado, dos representantes da escolas premiadas e autoridades municipais.

Melhorias na educação

Pensando no bem estar de alunos e professores, a Prefeitura de Russas, através da Secretaria de Educação, vem trabalhando constantemente para proporcionar à população russana, um ensino primoroso. Atualmente estão sendo realizadas a reforma e recuperação de 8 escolas municipais. As escolas ganharão pinturas novas, telhados e outros retoques que vão proporcionar mais conforto e satisfação aos alunos, pais e profissionais da educação. Ao todo serão investidos mais de 1,6 milhão de reais.

Além disso, foram adquiridas 4.000 carteiras escolares que vão beneficiar os alunos das 35 escolas municipais. As carteiras têm designer moderno, são leves, resistentes, de alta qualidade, são feitas de metal e material emborrachado. Russas ainda investiu na compra de 3924 livros para alunos da educação infantil, 220 kits educacionais para professores e 1.300 colchonetes para às escolas de tempo integral

Tempo Integral

O município também está trabalhando na implantação de tempo integral nas escolas municipais. No ano de 2012, 16 escolas aderiram ao programa, beneficiando 2.414 alunos. Já em 2013, 23 escolas contavam com a educação em tempo integral, com 2.608 alunos. Atualmente, 25 escolas municipais já contam com educação integral e beneficiam 3.048 alunos. O programa visa atender crianças e adolescentes em torno de uma proposta pedagógica que responda às necessidades básicas dos alunos das escolas públicas municipais, com educação de qualidade no turno regular, oficinas pedagógicas no turno inverso, atendendo os estudantes de forma completa. Além do acompanhamento de profissionais capacitados e materiais didáticos, cada estudante recebe no mínimo três refeições diárias, que atendem as necessidades nutricionais do alunos, garantindo assim um melhor aprendizado.
Prêmio Escola Nota 10
Em junho de 2009, com o objetivo de fortalecer, valorizar e ampliar o trabalho que vem sendo empreendido pelas escolas em relação aos resultados de alfabetização, o Governo do Estado, por meio da SEDUC, instituiu o “Prêmio Escola Nota Dez”, através da Lei 14.371, de 19 de junho de 2009.

A Lei prevê que o prêmio é destinado para até 150 (cento e cinquenta) escolas públicas que apresentarem os critérios de: (I) ter pelo menos 20 (vinte) alunos matriculados no 2º ano do ensino fundamental regular; (II) ter o Indicador de Desempenho Escolar de Alfabetização/ IDE-Alfa situado no intervalo entre 8,5 e 10,0. Além disso, garante contribuição financeiro até 150 escolas com menores IDE-Alfa.

Em 06 de dezembro de 2011 foi aprovada a Lei Estadual 15.052, que disciplina o Prêmio Escola Nota Dez e revogada a legislação anterior, a nova legislação determina que a cada ano serão premiadas até 150 escolas públicas do segundo ano e até 150 escolas pública do quinto ano do Ensino Fundamental, também serão beneficiadas as escolas públicas em igual número das premiadas as que obtiveram menores resultados nas avaliações do SPAECE do segundo e quinto anos.

O valor da premiação por escola é calculado considerando a per capita por aluno de R$ 2.000,00,( dois mil reais) correspondente à multiplicação do número de alunos do segundo e do quinto anos do ensino fundamental avaliados pelo SPAECE. As escolas com menores IDE-Alfa e IDE 5 receberão contribuição financeira equivalente à multiplicação do número de alunos do 2º e do 5º anos do ensino fundamental pelo valor per capita de R$1.000,00 (hum mil reais), para implementação do plano de melhoria dos resultados de alfabetização e 5º ano para as escolas que obtiveram os menores resultados no IDE-Alfa e IDE 5.

O prêmio funciona:

Como política indutora para as escolas melhorarem seus resultados;
Como política apoiadora às escolas com menores resultados;
Está subsidiado em um modelo a aprendizagem institucional focado na disseminação de boas práticas de gestão e pedagógica;
Fortalecer a melhoria da qualidade na aprendizagem dos alunos do 2º e 5º anos do ensino fundamental da rede pública.



Deixe seu comentário

ACESSO RÁPIDO