Programa Agrinho: Prefeito Weber assina Termo de Adesão e Russas participará da edição 2016


04/02/2016 - Secretaria de Educação - Cláudio Moura

O Município de Russas, através da Secretaria Municipal da Educação e do Desporto Escolar – SEMED realizou na manhã desta quinta-feira, 04 de fevereiro, no auditório da SEMED, o momento solene de assinatura do Termo de Adesão ao Programa Agrinho 2016 – “Viver Bem no Semiárido”. Participaram do evento o Prefeito Weber Araújo, Secretária de Educação Sandra Maia, Coordenadora do Programa Agrinho no Município Cláudia Araújo, Coordenadora de Gestão Rosilda Lima, Assistentes Técnico-Pedagógicos da SEMED e Coordenadores Pedagógicos das Escolas Municipais.

Na ocasião o gestor Weber Araújo, juntamente com a Secretária Sandra Maia e Coordenadora Cláudia Araújo, assinaram o documento que garante a adesão do município de Russas ao Programa Agrinho de 2016, garantindo então que as escolas públicas municipais da zona rural participem das atividades do programa.

Vale ressaltar que ano passado a cidade de Russas, após 13 anos de existência do Programa, obteve conquistas inéditas. Duas escolas, a Luís Ferreira Lima e Agrícola Padre Pedro de Alcântara foram campeãs na modalidade Experiências Pedagógicas e Russas por obter o 1º lugar no estado do Ceará recebeu o título de Município Agrinho 2015.

O Agrinho é promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR em parceria com as prefeituras do Estado, e tem por finalidade desenvolver atividades pedagógicas voltadas para o meio ambiente com as escolas da zona rural. É um programa educativo, transformador e motivador de mudanças de hábitos e atitudes, que prioriza a criança, transformando-a, pela educação, em agente de melhoria das condições sociais e econômicas das famílias e da comunidade onde vivem.

“Não poderíamos ficar fora de mais uma temporada desse importante Programa, que é fundamental para o desenvolvimento intelectual de nossas crianças. O Agrinho contribui muito para que nossos educandos desenvolvam atividades interdisciplinares e aprendam na prática como viver bem no semiárido”. Assim destacaram as autoridades municipais em suas falas.



Deixe seu comentário

ACESSO RÁPIDO