Prefeitura vai fiscalizar a extração ilegal de argila


21/02/2013 - Secretaria de Agricultura - Igor Raneelle

O prefeito Weber Araújo, participou da reunião na Associação da Indústria de Cerâmica Vermelha do Vale do Jaguaribe – ASTERUSSAS na tarde de ontem (20), que contou com a presença de representantes da classe ceramista e O poder público local. Na pauta estava a extração ilegal de argila e a necessidade de uma fiscalização intensa.

Segundo os ceramistas presentes, tal atitude desenfreada traz consigo problemas ambientais e econômicos. Dados divulgados pela Associação apontam que pelo menos 50% dos ceramistas promovem a extração ilegal na cidade e não pagam os impostos devidos, além de causar sérios impactos ao meio ambiente. A irregularidade prejudica quem trabalha dentro da legalidade e promove uma concorrência desleal.

O prefeito se comprometeu em dar assistência necessária para que o trabalho seja realizado dentro da legalidade. “O foco é gerar uma organização entre a classe e tentar trazer os ceramistas ilegais para que eles possam entrar na legalidade”, destacou Weber Araújo.

Dessa reunião, ficou definido a criação de uma comissão que irá fiscalizar a extração de barro para a indústria cerâmica local. A prefeitura encaminhou a câmara municipal um projeto de lei que cria a Secretaria de Meio Ambiente.

Assessoria de Comunicação – ASCOM



Deixe seu comentário

ACESSO RÁPIDO