Prefeitura quer iniciar a 2ª etapa da urbanização do riacho araibu, que consiste na perenização.


15/03/2013 - Secretaria de Agricultura - Igor Raneelle

Na quarta-feira, 13, o prefeito Weber Araújo juntamente com o diretor da Casa dos Amigos de Russas, João de Deus Costa Lima, além do secretário de governo, Zilzo Leandro e o ex-deputado Gilberto Rodrigues se reuniram com representantes da Secretaria de Recursos Hídricos do Estado (SRH) Ramon Rodrigues, acompanhado do engenheiro Sousa Neto, para tratar da perenizarão do Riacho Araibú.

Na ocasião foram discutidas as tentativas de perenizarão do Riacho que não obtiveram êxito. A primeira tentativa foi levar água para o riacho através de bombeamento, dessa maneira a água era retirada do Rio Jaguaribe e bombeada para o canal do riacho. Por conta da alta demanda de energia o projeto tornou-se inviável. A segunda tentativa foi por meio do barramento da água de forma improvisada, usando sacos de areia e cimento para deter a água que também foi obteve resultados devido o rompimento da barreira.

Segundo o prefeito, essa é uma luta de muitos anos e faz parte da segunda etapa da urbanização do riacho araibu que visa levar água as comunidades ribeirinhas para o consumo humano e animal, quanto para pequenas agriculturas, além de melhorar o visual dessa bela obra de infraestrutura e natural. “Estamos lutando para buscar parcerias e colocar em prática a perenização que faz parte da segunda etapa da urbanização do riacho araibu, além de ser um sonho dos russanos é um objetivo incansável dessa administração municipal”, destacou Weber.

Segundo Ramon Rodrigues, já estão sendo realizados estudos sobre a melhor forma de levar água do rio ao canal. Estudos topográficos já foram iniciados e em breve o projeto será colado em prática. “A política de alocação de águas segue metodologia participativa, que é fundamental para um rio perenizado. Por menor que o trecho seja, permite que a população tenha um poço, um cacimbão e, tanto o animal quanto o homem, venha a tirar a água desse rio, portanto, é viável tal projeto”, afirmou.

A comunidade russana aguarda ansiosamente para desfrutar dos benefícios que a perenização trará.



Deixe seu comentário

ACESSO RÁPIDO