Prefeitura desenvolve ações preventivas para situações emergenciais


20/02/2013 - Destaque - Igor Raneelle

A coordenadoria de Defesa Civil promoveu na tarde de ontem (19), no gabinete do Prefeito, reunião com secretários e diretores de diversos departamentos a fim de discutir ações preventivas em casos de situações de emergência na cidade.

O objetivo é estabelecer procedimentos padrões reguladores de conduta ao órgão na hipótese da ocorrência de um fenômeno físico natural de alagamentos ou enxurradas bruscas no município de Russas, objetivando a vida e minimizar os danos e prejuízos à população e mobilizar o Sistema Municipal de Defesa Civil por meio de órgãos setoriais e de apoio na esfera nacional (SEDEC/MI, CEDEC-CE, COMDEC-Russas) através do Ministério da Integração Nacional que tem como finalidade a conservação da integridade física e moral da população, bem como a preservação do patrimônio público e privado, além da minimização dos danos e prejuízos da população afetada.

Tendo em vista as precipitações pluviométricas, a Prefeitura Municipal de Russas por meio de sua coordenadoria de Defesa Civil elaborou um Plano de Ação 2013 que consiste em um processo de preparação para situações de emergência e desastres, na qual foi aperfeiçoado com secretários e diretores de departamento.

Foram discutidas ações preventivas, tais como: socorro à população de risco por meio de estabelecimento de abrigos, transporte e ações para retorno as residências, além de assistência médica, social, alimentar, segurança, agasalhos, medicamentos e apoio da Prefeitura Municipal de Russas.

Após uma breve explanação do Plano de Ação Emergencial da Defesa Civil feito pela assessoria técnica, Vera Maria, o coordenador de Defesa Civil, Pedro Júnior, ressaltou a importância de um trabalho em conjunto com todos os departamentos e secretarias da Prefeitura, principalmente para este plano. “Estamos em um momento que devemos nos unir cada vez mais para o bem da população, e prevenir é a melhorar maneira de evitar maiores prejuízos para o nosso povo”, destacou Pedro Júnior.

O secretário de infraestrutura, Ricardo Weber, afirmou que já está acontecendo uma mobilização por parte da secretaria nesses primeiros problemas de alagamentos em alguns pontos da cidade, medidas como a limpeza pública vai evitar maiores prejuízos e que se compromete, juntamente com sua equipe, neste plano de ação emergencial e estará disponível 24h para buscar soluções.

O comandante da Guarda Municipal, Moura Freitas, destacou a importância de a prefeitura fiscalizar a construção civil que em muitos casos estão construindo em áreas de risco, afinal o objetivo é prevenir para evitar maiores prejuízos à população, tendo como experiência o ocorrido em 2009.

Assessoria de Comunicação – ASCOM



Deixe seu comentário

ACESSO RÁPIDO