Comando da GM envia oficio ao Ministério da Justiça sinalizando interesse em armar a corporação


30/06/2013 - Guarda Municipal - Igor Raneelle

O Comando da Guarda Municipal de Russas, que tem a frente Francisco José Moura de Freitas, enviou oficio ao Ministério da Justiça, sinalizando a intenção da aquisição do porte de arma de fogo para a corporação. No documento, Moura destaca a necessidade de dotar a GM de equipamentos que propiciem a execução dos serviços de competência do órgão, para oferecer um serviço de melhor qualidade para a população.

De acordo com a Lei 10.826/2003 é deferido o porte de arma de fogo aos órgãos de Segurança Pública, incluindo as Guardas Municipais, em cidades com população igual ou superior a 50 mil habitantes. Com essa iniciativa, o comando da GM inicia o processo para a aquisição do porte para a Gurda Civil Municipal de Russas.

O tema ainda será exaustivamente discutido e analisado pela gestão municipal antes de ser colocado em prática. No debate deverão participar os chefes do executivo, legislativo, judiciário, representantes das forças de segurança do estado e sociedade civil organizada.

Devido aos altos índices de violência nas cidades do interior, somados ao reduzido contingente policial, muitas prefeituras pelo Brasil afora vem encontrando na sua Guarda Municipal a alternativa para melhorar sua segurança.



Comentários

  1. galvão disse:

    A Guarda Municipal é uma instituição de segurança pública municipal de caráter civil, uniformizada e armada de acordo com a LEI FEDERAL No 10.826/ 2003, sendo subordinada ao prefeito da cidade, tendo como finalidade precípua o dever de gerar segurança nos limites do município,nunca fui a favor do uso da arma de fogo em instituição alguma ou ate mesmo pelo o ser humano civil,mas os políticos e autoridades maiores ainda ñ adotaram no brasil um modelo de segurança desarmada ate pq vivemos em país de terceiro mundo onde a realidade e bem diferente de um país de primeiro mundo, existe países que apenas 5% das instituições adotam o uso da arma de fogo e se você perguntar pra eles se eles querem que todos usem arma a resposta vai ser ñ, mas porque???Por que o índice de criminalidade nesses países é muito baixo muitas vezes chegando a zero, resumindo se existe a lei que pode armar nossa guarda, e ainda diante dos altos índices de violência que vem enfrentando o município, não vejo o porque de não arma nossa guarda.

  2. Rogério disse:

    Até concordo, desde que eles sejam bem treinados, não só na utilização do armamento, e sim em treinamento para saber evitar chegar a tal ponto. Mesmo os PM que são treinados numa academia vez e outro fazem bobagem com suas armas.

Deixe seu comentário

ACESSO RÁPIDO