24 de abril de 2017
<a href="http://russas.ce.gov.br" title="In&iacute;cio"> <img src="http://russas.ce.gov.br/wp-content/themes/prefeitura2/imagens/logo.png" alt="Logo Russas" /> </a>
Praça noite

CINEFESTIVAL é destaque na mídia nacional


17/03/2015 - Destaque - Igor Raneelle

Um dos maiores portais de noticias do Brasil, o portal G1 da rede Globo, deu estaque ao CINEFESTIVAL – Festival Internacional de Cinema do Vale do Jaguaribe que acontecerá em Russas nos dias 18 a 21 de março.

 

Matéria do G1 – 17/03/2015 06h00 – Atualizado em 17/03/2015 06h00

Vale do Jaguaribe sedia de quarta-feira (18) a  sábado (21) um festival de cinema internacional. A programação contará 24 filmes, debates, oficinas e shows. O evento será realizado na cidade de Russas, a 160 km de Fortaleza.

A curadoria de filmes conta com 22 curtas e dois longas-metragens. Serão nove curtas nacionais, com filmes premiados em festival internacional de curtas metragens de São Paulo e o festival de Gramado. “Serão exibidos curtas-metragens de seis estados brasileiros (Ceará, Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, São Paulo e Rio Grande do Sul) e de nove países estrangeiros” afirma Pedro Azevedo, curador do Festival.

Homenagem
O Cine Festival deste ano homenageará o cineasta Hilton Lacerda, diretor do longa “Tatuagem”, de 2013. Hilton estará em Russas, fará parte do júri da mostra competitiva e ministrará oficina de roteiro.

Premiações
As produções concorrem ao Troféu Araibu em 12 categorias, dentre elas, “melhor curta nacional”, “melhor curta estrangeiro”, “melhor produção cearense”. Os finalistas da categoria “melhor curta” concorrem a premiações em dinheiro para locação de equipamentos, serviços de finalização, e mixagem de curta-metragem com até 15min de duração.

O júri será composto por Ariadne Mazzeti e presidido por Camilo Cavalcante, diretor do longa-metragem “A história da eternidade”, cuja exibição encerrará o evento. O longa tem em seu elenco a atriz Débora Ingrid, natural de Russasx, que teve sua estreia no cinema no curta-metragem “Doce de côco”, de Allan Deberton, gravado na cidade. Camilo Cavalcante tem 20 anos de carreira no cinema e já recebeu mais de 120 prêmios por suas realizações.

Programação
As exibições acontecem todas à noite, no Cine Jaguar, com reprise no dia seguinte, às 14h30. Pela manhã, nos dias 19 e 20, acontecem duas oficinas. A primeira será sobre “Som para animação”, com Alexandre Jardim, do Rio de Janeiro, ministrada para jovens participantes do ponto de cultura “Som das Carnaubeiras”, no distrito de Flores. A segunda terá o tema “Diálogos sobre roteiro – Tatuagem”, com o cineasta Hilton Lacerda, mediante inscrições prévias no site do festival.

 

Matéria completa no G1: http://glo.bo/1MGAM13

 

 



Deixe seu comentário